Publicado edital do Concurso do Quadro Geral para provimento de 6.352 vagas; inscrições começam no dia 15 de junho



O Diário Oficial nº 3.621 da última sexta-feira, 4, publicou em anexo o edital do concurso público para provimento de vagas do Quadro Geral do Estado. O certame oferecerá 6.352 vagas, sendo 4.513 para provimento imediato e 1.839 para o cadastro de reserva. Estas vagas serão distribuídas em 123 cargos, para todo o Tocantins.

O interessado em participar do concurso deverá efetuar a inscrição pela internet no endereço eletrônico www.aocp.com.br, no período de 15 de junho até o dia 4 de julho. O processo seletivo  ocorrerá em dois finais de semana, sendo o primeiro no dia 15 de julho, para o cargo de nível médio e médio técnico, e no dia 22 de julho, para cargos de nível superior e fundamental. As provas serão aplicadas nas cidades de Araguaína, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Paraíso, Porto Nacional e Tocantinópolis.

As vagas estão distribuídas da seguinte forma: 1.768 são para nível superior, sendo 1.330 para provimento imediato e 438 para reserva; 3.619 para nível médio, sendo 2.470 para posse imediata e 1.149 para reserva; e 965 para nível fundamental, sendo 713 para posse imediata e 252 para reserva.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 90,00 para nível superior; R$ 60,00 para nível médio e R$ 30,00 para nível fundamental.

Segundo o secretário da Administração Lúcio Mascarenhas, o concurso busca substituir os 4.421 contratos provisórios hoje existentes no Quadro Geral.

Mais informações sobre a distribuição de vagas, requisitos, atribuições de cada cargo, conteúdo programático, pontuações e requisitos para a participação no certame podem ser conferidas no edital pelo site www.diariooficial.to.gov.br ou também pelo www.aocp.com.br.

Outros editais

Além do edital contendo as informações de como será a realização do concurso do Quadro Geral, três outros editais também foram publicados no Diário de sexta.

No edital nº 2, está a lista com o nome dos inscritos no concurso anulado, que não pediram a restituição da taxa de inscrição, tornando-os automaticamente inscritos neste certame.

No edital nº 3 vem a relação de candidatos que requereram a taxa de inscrição, mas por falta de informações corretas, não receberam a devolução da taxa. É importante ressaltar que essas pessoas também permanecem inscritas.

O último edital, nº 4, relaciona os nomes dos candidatos que se inscreveram e pediram a devolução da taxa, e que agora, para participar do exame, terão que efetuar nova inscrição. (Com informações da Secom)

Confira aqui o edital e as demais informações

Fonte: Arnaldo Filho