Equipe das regionais de Colinas e Goiatins intensificam fiscalização durante o fim da Piracema


Entre os dias 14 e 18 de fevereiro, uma equipe de técnicos e fiscais do Naturatins -Instituto Natureza do Tocantins da regional de Colinas, em parceria com a equipe de Goiatins, realizou a operação Rota da Piracema de Fiscalização Ambiental - Carnaval 2013. A ação aconteceu no rio Tocantins e seus afluentes que banham os municípios de Colinas do Tocantins, Itaporã, Brasilândia, Palmeirante, Tupiratins e Itapiratins, onde coibiram atos contra o meio ambiente, e a pesca predatória durante o período de defeso denominado Piracema.

Na operação foram abordados inúmeros veículos para inspeção e também distribuição de material educativo. Os fiscais ainda verificaram as embarcações para que pudessem orientar os proprietários e quando necessário ainda fizeram as advertências pertinentes. Conforme a gerente, Maria de Jesus Moura, foram apreendidos 500 metros de rede malhadeira de vários tamanhos de malhas, porém os infratores acabaram se evadindo do local ao perceberem a chegada dos fiscais.

Durante o fim de semana, a regional de Colinas ainda atendeu a uma denúncia anônima através do sistema Linha Verde do Naturatins sobre a poluição de um córrego em uma propriedade rural do município com soro derivado de um laticínio. Ao chegar, os fiscais foram informados pelo proprietário de que o uso do soro era para alimentar animais da propriedade e que o excedente era despejado na plantação local, e que esta fica afastada mais ou menos a 300 metros do referido córrego. Após a verificação da propriedade os fiscais constataram de que o agricultor estava realmente destinando o soro para esses fins e encerraram a demanda dando orientações pertinentes ao agricultor.

Já no dia 18, no encerramento da operação, a regional de Colinas ainda recebeu do Juizado Especial Cível da Comarca daquele município um ofício pedindo uma avaliação sobre uma reparação de danos ao meio ambiente em uma propriedade no Assentamento Laje II no município de Brasilândia, onde um proprietário possuía fornos para fazer carvão. Na ocasião, os fornos foram inutilizados e o agricultor advertido e orientado a fazer as devidas adequações.
Para a gerente, com os resultados da operação conjunta das regionais de Colinas e Goiatins durante o período do carnaval pode-se concluir que o trabalho de fiscalização constante e de educação ambiental dos técnicos do Naturatins está obtendo resultados positivos durante o período da Piracema.

Piracema
A piracema é o período de reprodução dos peixes que sobem até as cabeceiras dos rios para se reproduzirem. Durante esse período é necessária a fiscalização, porque muitas pessoas aproveitam a oportunidade para pescar ilegalmente. As multas variam de R$ 700,00 a R$ 100 mil, mais R$ 20,00 por quilo de pescado apreendido.

Com informações de To Jus Brasil