Goiatins: Caminhão que levava 75 índios para festa tomba na BR-010, três mortes e 60 feridos

Um acidente registrado na noite desta segunda-feira, 14, na BR-010, entre os municípios de Barra do Ouro e Itacajá, matou três pessoas, entre elas duas crianças, e deixou pelo menos 60 indígenas feridos

A maioria dos que estavam dentro do veículo foram arremessados para fora da estrada. Duas crianças, de 8 e 13 anos, e Valdir Krahô, de 35 anos, morreram no local.


Um acidente registrado na noite desta segunda-feira, 14, na BR-010, entre os municípios de Barra do Ouro e Itacajá, matou três pessoas, entre elas duas crianças, e deixou pelo menos 60 indígenas feridos. Os indígenas ia participar da 9ª Feira Krahô de Sementes Tradicionais, que acontece durante toda esta semana, em Itacajá. O grupo envolvido na tragédia mora na Aldeia Nova, em Goiatins.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), 75 índios, a maioria entre 2 e 12 anos de idade, estavam no caminhão, que tombou depois que o motorista perdeu o controle da direção. O acidente aconteceu por volta das 21 horas em um trecho não pavimentado da rodovia. A maioria dos que estavam dentro do veículo foram arremessados para fora da estrada. Uma criança de 8 anos e um adolescente de 13 morreram no local. Valdir Krahô, de 35 anos, também não resistiu aos ferimentos.

Os indígenas contaram que o caminhão foi cedido pela prefeitura de Itacajá. Eles acusam o motorista de dirigir em alta velocidade e afirmam que ele estava alcoolizado. Além disso, os índios apontam que o veículo não estava em boas condições. Os pneus traseiros, por exemplo, estavam carecas. Segundo informações colhidas no local o motorista saiu ileso.

40 feridos foram levados em ambulâncias de cidades da região e carros particulares para o Hospital Regional Público de Araguaína (HRPA). Outros 20 foram socorridos e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento do setor Araguaína Sul.

Os corpos das duas crianças e do índio morto no acidente encontram-se no Instituto Médico Legal (IML) e devem ser liberados nas próximas horas.

Com informações de Rede TO de Notícias