Nota de esclarecimento: Secretário Municipal de Educação de Goiatins fala sobre Vereadores que tentaram tira-lo do cargo e mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO 







Manoel Gomes Campos – Secretário Municipal de Educação

Em face aos boatos que circula na cidade, de que os vereadores de Goiatins estão tirando o secretário de educação, é preciso esclarecer:

Não são apenas boatos, o fato é que já houve algumas tentativas nesse sentido e a mais recente ocorreu na ultima semana de sessão da câmara de vereadores.

Porém é do conhecimento de todos que não é de competência de vereador nomear e nem tão pouco exonerar secretário.

Também não são todos os vereadores que se envolveram com tais a atitudes, são apenas alguns dos nobres legisladores, que, no meu entendimento, ainda não compreenderam que a dinâmica da administração municipal hoje está bem diferente de como foi há alguns anos atrás, principalmente no que diz respeito à educação. Felizmente a cultura do toma-lá-da-cá, vem sendo suprimida graças a uma serie de postura técnica que vem sendo tomada pelos últimos dirigentes municipais de educação, no cumprimento de normas impostas pelas leis que regem este seguimento, e que o gestor (a) precisa seguir rigorosamente sob pena de ser punido (a) criminalmente.

Com isso os atos da gestão municipal vêm sendo regulados gradativamente, a ponto de ser impossível satisfazer a todas as vontades individuais.

Observa-se que não é nenhuma novidade o que tentem fazer agora. Esse episódio é repetitivo aqui em Goiatins. Quem não se lembra da colega Lurdinha que teve de abrir mão de suas funções frente à SEMED, porque seu profissionalismo não a permitiu aceitar interferência em sua área de gestão, ou do colega Nenzinho, que esteve com sua cabeça a prêmio por várias vezes, e mais recentemente o colega Edmilson que também sofreu do mesmo mal. Causaria estranheza se nessa gestão fosse diferente.

Porém é lamentável que fatos como esse ainda ocorra em nossa cidade, já não basta o desafio de ter que resolver problemas de difícil gerencia oriundos das dificuldades rotineiras da educação nesse município, ainda temos que suportar perseguições de quem deveria estar ombreado a nós para nos ajudar a superar tais desafios.

Os nobres colegas parecem não se dar conta, da realidade atual de nosso município, que torna impossível atender caprichos individualistas do legislativo, em função de uma série de fatores e algumas normas e leis superiores impostas ao gestor. Essas normas e leis se não forem cumpridas rigorosamente todo o município será prejudicado, é preciso que haja essa compreensão, entendo que o foco do legislativo deveria estar nisso.

Quando perseguem um gestor de educação, como vem ocorrendo em Goiatins ao longo dos anos, acabam atrofiando um trabalho que precisa ser feito por alguém que ao faze-lo terá de inevitavelmente cumprir as mesmas regras. Imagino que se não houver uma mudança de postura concernente ao que vem acontecendo aqui, poderá chegar o momento que minguem se mostrará disponível a exercer essa nobre função em nossa cidade, o que seria lastimável!

Se hoje temos uma educação com uma boa qualidade os dirigentes municipais de educação que me antecederam e que foram citados anteriormente, foram também responsáveis diretamente por isso. Ou seja, o tempo está mostrando que ambos estavam certos quando tomaram decisões que foram mal compreendidas e os tornaram alvo de perseguições. Possivelmente com a atual gestão não será diferente.

Uma substituição do dirigente municipal na transcorrência do ano letivo, como sugerem, implicará em dificuldades para a gestão de todos os programas educacionais que estão em andamento no município e consequentemente prejuízo para todos. Suponho não ser isso que a sociedade espera de uma gestão.

Sugiro aos nobres “ vereadores”, que olhem a situação estrutural e funcional das nossas escolas hoje, comparem a qualidade da educação que está sendo oferecida agora com a de algum tempo atrás quando era constante as interferências externas na educação, e conscientizem-se de que isso é fruto de trabalho e dedicação de toda uma equipe composta de professores, coordenadores, diretores e técnicos da SEMED, que nos últimos anos tem se qualificado e aplicado esforço e o conhecimento adquirido para atingir tal feito.

Acredito sem nenhuma duvida que poderá ser bem melhor se os nobres legisladores apoiarem incondicionalmente a educação. E, é óbvio, que os que adotarem essa postura certamente serão mais aplaudidos do que os que se limitarem a perseguir secretários.

Manoel Gomes Campos – Secretário Municipal de Educação