Últimas Notícias

Prefeito de Recursolândia "Dr. Francisco" fica ferido após se envolver em acidente em rodovia

Por Joendel Andrade | quarta-feira, 9 de abril de 2014 | às 08:51

O prefeito de Recursolândia, a mulher e os dois filhos ficaram feridos. Acidente aconteceu na TO-248, próximo a Pedro Afonso.
O prefeito de Recursolândia, no leste do estado, Francisco Alves da Silva e a família dele, se envolveram em um acidente de trânsito no final da tarde desta terça-feira (8). A família trafegava pela TO-248, nas proximidades de Pedro Afonso. O veículo teria capotado depois de bater em uma motocicleta.

Segundo Augusto Sales, diretor do Hospital Regional de Pedro Afonso (HRPA), a família foi encaminhada para a unidade ainda no final da tarde desta terça-feira. O diretor afirmou que o prefeito está com suspeita de fratura no fêmur esquerdo, e as crianças sofreram apenas ferimentos leves. Sales ainda afirmou que os três estão conscientes e internados no hospital. Já a primeira-dama, Karoline Martins, sofreu traumatismo craniano e foi transferida para Palmas em um avião.

Com informações de G1 Tocantins

“Obra publica dada aos cavalos”: Sede da Comarca de Goiatins se encontra paralisada devido a atos e ações corruptas

Por Joendel Andrade | terça-feira, 8 de abril de 2014 | às 10:04



Nota de Repudio Escrita e enviada a nossa equipe pelo Rubens Araujo (PR):

Estamos vivenciando dias difíceis, não sabemos mais em quem confiar, pois vemos grandes arbitrariedades nos cercando, tentando nos intimidar, tirando a nossa esperança e o que ainda nos resta de cidadania.

Em nossa cidade existe uma obra de responsabilidade do Poder Judiciário, que seria a sede da Comarca de Goiatins, tão esperada por parte dos Magistrados, servidores e comunidade em geral, mas teve apenas um início e hoje se encontra paralisada devido a atos e ações corruptas de alguns, está se deteriorando e servindo de baia para animais e esconderijo para jovens se prostituirem e se drogarem, vemos todos os dias, tão certo quanto o nascer do sol, a imagem de um prédio em ruínas, sofrendo o desgaste do abandono da corrosão, da incidência do sol, chuva e orvalho sobre o nosso orgulho, e sobre o dinheiro público investido, enquanto nosso magistrado e servidores trabalham em um prédio que molha todo, só não molha quando não chove, o povo sempre me perguntam porque aquele abandono, e eu como vereador um representante escolhido pelo povo, e como cidadão goiatinense, e sabedor que foi um valioso terreno doado pela prefeitura passando pela aprovação da Câmara de vereadores da época.




Gostaria de ver esta bela obra concluída, e não se acabando do jeito que se encontra, quando falo que o foro molha todo é porque eu sou prova, vivenciei, trabalhei no mesmo de 1995 à 2011 e sempre no labor de carregar junto com Juiz e os demais funcionários, livros, papéis, processos, computadores e mesas de um lugar para outro procurando onde poderia molhar menos, por esses motivos solicito a quem de direito ou responsável pela condução desta obra que impulsione a conclusão deste belíssimo prédio quando se tornar realidade, a sociedade se mostra desanimada, sem entusiasmo e força para reivindicar seus direitos, cansada de lutar em vão. 

A indignação é óbvia nas palavras, nos gestos e nos olhares, mais falta a crença de que as coisas podem mudar para melhor. Quem será o magistrado da lei que será capaz de nos defender e de devolver um pouco da nossa cidadania, para mostrar pra essa população que ainda podemos acreditar na Justiça, na ordem e no progresso social.



Eu resolvi agir enquanto ainda é tempo, mesmo que seja apenas expressando a minha revolta e a minha indignação, preciso fazer a minha parte e agora estou aqui dando o meu primeiro passo, soltando o meu grito de desabafo, pois, não aguento mais vê tanta injustiça, a minha revolta silenciosa não faz nenhuma diferença, talvez a minha voz angustiada consiga despertar algo no meio da multidão, estou deixando para trás anos e anos de passividade, medo, timidez e até covardia para lutar por aquilo que sonho e acredito, pois a justiça pra ser boa tem que começar de casa, e construindo a sua casa própria.

Nós estamos fazendo parte de um processo democrático onde podemos e devemos exercer a nossa liberdade de expressão e o nosso direito de escolha, deveríamos fazer isso sem nos intimidar com ameaças ou possíveis punições, pois sabemos que elas acontecem e que são resultados das ações de “sistemas corrompidos”. 

Sabemos também, que inseridas no contexto desses sistemas existem pessoas íntegras, capazes de transformar e de ajudar a resgatar os valores que estão sendo entorpecidos pelo furor da desonestidade de muitos.



Sabemos que unidos e destemidos podemos fazer a diferença e exigir mudanças, mas, que omissos e passivos somos atropelados, lesados em nossos direitos e nos tornando cúmplices de muitas arbitrariedades. Como podemos ser cidadãos se não podemos exercer plenamente a nossa cidadania? A lei máxima de nosso país nos garante o direito de exercer a nossa cidadania. 

Mas, existem leis informais ou podemos dizer “clandestinas" pronunciadas por alguns que na verdade só querem promover o seu próprio bem estar, e que juntos com suas ganâncias e vontades arbitrárias acabam ferindo ou cancelando definitivamente, os nossos direitos. Não podemos mais ficar de braços cruzados observando as afrontas e a destruição cruel de nossa humilde cidade e de nossos sonhos.

Se o nosso passado e o nosso presente estão contaminados, e continuarmos de braços cruzados, como será o futuro de nossos filhos e netos? 

Sempre tive sonhos, expectativas, esperança e vontade de acompanhar de perto o desenvolvimento real de minha cidade, de olhar e perceber realmente o efetivo cumprimento das leis que nos protegem, mas, algo me impedia de agir ativamente em prol do bem estar de todos nós, talvez o medo de ser atingido ferozmente por aqueles que exercem o poder negativo de destruir os pequenos. Continuo pequeno, mas agora cheio de coragem, esperança, ousadia e dever, pois hoje faço parte da Câmara Legislativa, vereador eleito pelo povo e tenho obrigação e muita vontade de defende – lós.

Rubens Araujo – Vereador – PR

Nota de Esclarecimento sobre secretario de educação de Goiatins: Vereador Rubens Araujo "assinei uma carta de Moção de Repúdio"

Por Joendel Andrade | sábado, 5 de abril de 2014 | às 11:51

Nota de Esclarecimento: 
Rubens Araujo - Vereador – PR  


Venho a público com o objetivo de esclarecer para a população goiatinense sobre uma nota do atual Secretário Municipal de Educação publicada no Portal Goiatins, na última sexta feira 20 de março. O qual afirma estar sofrendo perseguição por parte de alguns vereadores, sou vereador e afirmo sem arrependimento que assinei uma carta de Moção de Repúdio ao Sr. Secretário Municipal de Educação, devido à insatisfação dos Servidores Municipal de Educação e da população com os serviços prestados pelo chefe da pasta Sr. Manoel Campos, que a mesma foi direcionada ao gestor municipal para que o mesmo tomasse providências.

Sou também funcionário público municipal, trabalho na Escola Municipal Professor Alfredo Nasser e convivo diariamente com a insatisfação todos os professores que tiveram sua carga horária reduzida e consequentemente seus salários também foram diminuídos, vi muitas lágrimas rolarem na face dos pais de família que são professores da Educação que trabalham arduamente e nem sempre são respeitados e valorizados.

Os próprios funcionários internos da Secretaria de Educação sofreram ameaças e por pouco também não tiveram sua carga horária reduzida, reajuste do piso salarial os “coitados” também nunca tiveram, sem contar que não recebem vários de seus direitos garantidos por lei como: anuênios gratificações, progressão e outros benefícios.

Não sei bem de quem é a culpa dessas problemáticas, mas compreendo que um Gestor Educacional, sendo professor efetivo da rede de ensino, deveria lutar por seus colegas de classe e não propor alternativas para prejudica – lós. Em relação a cultura do TOMA – LÁ – DA – CÁ, como afirma o nobre secretário, eu não faço parte dela e a repudio.

E quanto a maça podre ela vai inchar e explodir ai todos iram saber onde ela verdadeiramente estar. Não estou perseguindo ninguém, apenas não me identifico e nem concordo com a maneira que certas coisas vem acontecendo na área da Educação, e existe outras áreas que a situação também não está nada agradável.

Sei muito bem que não é da competência vereador nenhum nomear ou exonerar secretário, mas me lembro muito bem que houve recentemente em nossa movimento de vereadores para caçar prefeito e conseguiram. Então, afirmo que estou e sempre estarei ombreado com as causas em prol da defesa e favorecimento da classe trabalhadora, se isso deixa alguns de “cabeça quente” eu não tenho culpa, pois a minha consciência estar tranquila e limpa, e continuarei agindo de acordo com aquilo que acredito.

Só pra concluir já que estão tão preocupados em cumprir rigorosamente as leis e normas, comecem analisando e cumprindo aquelas que garantem melhoria para o povo.        

Rubens Araujo - Vereador – PR                                                                                

Oliveira entrega Carta renúncia e deflagra processo de afastamento de Siqueira

Por Joendel Andrade | sexta-feira, 4 de abril de 2014 | às 12:49

Em carta protocolada às 22h15 da noite de ontem, quinta-feira,3, o vice-governador eleito, João Oliveira renunciou ao cargo junto à Assembléia Legislativa e à Casa Civil 
 



O Diário Oficial que circula nesta sexta-feira, tratará publicada a Carta-renúncia do vice-governador João Oliveira(Democratas), que protocolou ontem, quinta-feira, às 22h15, o documento. A carta foi recebida pelo presidente da Assembléia Legislativa, deputado Sandoval Cardoso e posteriormente protocolada na Casa Civil.

Oliveira protocolou o pedido "irrevogável e irretratável"de renúncia com o seguinte texto: "Fui eleito pelo Democratas e no Democratas permaneci. Fui eleito com este grupo e com este grupo permaneci, com orgulho e honra. Não mudei e nem traí, continuo fiel, humilde e acima de tudo confiável".

A carta prossegue: "É desta forma, para este fim que declaro a minha decisão em caráter irrevogável e irretratável de renunciar ao cargo de vice-governador do Estado do Tocantins", afirmou.

O documento chegou à Casa Vivil contendo o recebido de Cardoso, a data e a hora, com o despacho do presidente da Casa.

A renúncia de Oliveira, antecipada na noite de ontem com exclusividade pelo Portal T1 Notícias, deflagra o processo de afastamento do governador Siqueira Campos, que se desincompatibilizará na data legal, permitindo a disputa do filho, ex-senador da República e ex-secretário de Estado, Eduardo Siqueira Campos ao governo do Estado.

Sessão na AL
A Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa acaba de confirmar que uma sessão extra foi convocada para manhã desta sexta-feira, 4, para a leitura da carta de renúncia do vice-governador João Oliveira (DEM). Segundo a Ascom, a sessão deve ocorrer tão logo os deputados que foram chamados às pressas cheguem à Casa de Leis.

Confira a carta de renúncia na íntegra no anexo: Carta de Renúncia

(Com informações do Portal T1 Notícias)

Siqueira Campos e João Oliveira renunciam dentro do prazo: Sandoval Cardoso assume o governo

Por Joendel Andrade | quinta-feira, 3 de abril de 2014 | às 22:15

A renúncia abre caminho para que Eduardo Siqueira seja o candidato do governo ao cargo de chefe do Executivo. A hipótese de que Siqueira dispute vaga no Senado é bastante considerada...



Siqueira Campos e João Oliveira anunciam nesta sexta-feira, 4, renúncia aos cargos de governador e vice-governador, respectivamente, permitindo a posse do presidente da Assembleia Legislativa deputado Sandoval Cardoso ao governo do estado.

A informação confirmada pelo Portal T1 Notícias junto a duas fontes importantes do governo é de que o gesto abre caminho para que o ex-secretário de Relações Institucionais e ex-senador da República, Eduardo Siqueira Campos, dispute as eleições de outubro.

Uma longa reunião ocorrida no apartamento do ex-senador na última quarta-feira, 2, entre o pré-candidato e o vice-governador João oliveira durou horas e colocou fim ao impasse que havia com a insistência de Oliveira em assumir o governo em caso de afastamento de Siqueira.

Ainda não se sabe se com o afastamento Siqueira Campos disputará vaga ao Senado tendo como suplente o vice-governador João Oliveira, mas essa é uma hipótese considerada no staff governista.
A articulação governista confirma declaração dada pelo então secretário Eduardo Siqueira, em setembro do ano passado, quando afirmou que não se aventuraria numa candidatura com alto risco juridico, optando pelo caminho mais pacífico na legislação. (Com informações do Portal T1 Notícias)

Goiatins

Estado

Ação Parlamentar

Gospel

 
# Copyright © 2010 - 2012. Portal Goiatins - Por Joendel Andrade! .Todos os direitos reservados.
Design por Joendel Andrade - (63) 9998 5170